quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O inimigo faz de tudo para derrotar a nós homens


Deus colocou a Sua imagem, a Sua santidade em nós. Por isso quando pecamos, acabamos ficando envergonhados. Já não rezamos mais. Já não vamos à Igreja e não comungamos. Temos medo de confessar e preferimos largar a Igreja, largar Deus, por vergonha. O tentador continua fazendo a mesma coisa. Ele nos leva a ter pensamentos e desejos que sabemos que são errados. Depois nos envergonha, “esfregando” a nossa cara na sujeira que nós mesmos fizemos. Impede-nos de confessar e de voltar à Igreja e à oração. O inimigo faz tudo isso para impedir a nossa santificação. Mas Deus quer povoar o céu com homens e mulheres. Quando o Senhor vier, é preciso que nós homens, como os apóstolos, como os patriarcas e os profetas, estejamos firmes na luta contra o pecado e na busca de santidade. O inimigo sabe o valor do homem dentro do lar, dentro da Igreja doméstica que é a família. As mulheres têm aguentado sozinhas. A Igreja doméstica tem ficado sem o “sacerdotes”, sem a cabeça. O inimigo insinua a nós homens, que ainda somos “bonitões”, capazes de atrair, seduzir. E não falta novela, revista, conversas de amigos para nos fazer pensar assim. Facilidades não faltam para que o homem caia no erro. O inimigo faz de tudo para derrotar a nós homens. Ele não quer que o céu seja povoado de homens. Chegou a hora de dizer um “basta”. É hora de assumir a santidade, que é sinônimo de pureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes

Contador de acesso