quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Tempo Comum



O tempo chamado “comum” (durante o ano ou “per annum”) não tem nome nem características próprias, não celebra um aspecto particular do mistério de Cristo, mas esse mesmo mistério de Jesus Cristo na sua globalidade, especialmente nos domingos.
Compreende as semanas entre o Baptismo de Jesus até à Quaresma, do Pentecostes até ao Advento: um total de 33 ou 34 semanas.
Um tempo, portanto, não feito precisamente de semanas, também se as semanas se repetem, mas muito mais assinalado por domingos que marcam as semanas.
Todo domingo é indicado com um número progressivo e possui formulários próprios, não transferíveis a outros domingos, quando for substituído por outra solenidade. “O domingo aparece, portanto”, como ensina a Constituição litúrgica SC 106, “festa primordial, fundamento e núcleo de todo a ano litúrgico”.
“A Igreja celebra o mistério pascal todos os oito dias, no dia que bem se denomina dia do Senhor ou domingo. Neste dia devem os fiéis reunir-se para participarem na Eucaristia e ouvirem a palavra de Deus, e assim recordarem a Paixão, Ressurreição e glória do Senhor Jesus e darem graças a Deus que os regenerou para uma esperança viva pela Ressurreição de Jesus Cristo de entre os mortos.” (SC106)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes

Contador de acesso