sexta-feira, 15 de abril de 2011

Conferência Episcopal da Colômbia reza pela vítimas da violência no país


O secretário geral da Conferência Episcopal Colombiana (CEC), dom Juan Vicente Córdoba, pediu ao Governo e à sociedade que não esqueça as vítimas da violência no país, e afirmou que “a chamada Lei de Vítimas é apenas um primeiro passo. Um passo importante" para a reconciliação nacional.

“A violência, em suas diferentes manifestações, foi uma constante na história política e social da nossa nação. As vítimas deste lamentável fenômeno foram numerosas, mas permaneceram, em sua maioria, invisíveis e esquecidas”, afirmou dom Vicente durante a apresentação do Dia de Oração pelas Vítimas da Violência, que será realizado pela Conferência Episcopal Colombiana, no próximo dia 22, Sexta-Feira Santa.

Dom Juan Córdoba disse que a Igreja não apoia soluções técnicas ou políticas de nenhum partido, pois respeita as instituições do país. Entretanto, recordou que ela assume “há décadas a tarefa de tornar visíveis os sofrimentos das vítimas do conflito armado, reivindicando medidas jurídicas capazes de restituir-lhes o pleno uso dos direitos que lhes foram violentamente arrebatados”.

O secretário geral explicou que o Dia de Oração procura expressar a solidariedade da Colômbia para com as vítimas e acompanhá-las “no caminho da reconciliação e do perdão”. Dom Córdoba convidou a atuar a favor delas, e pede “aos grupos armados” que tomem consciência da gravidade de seus delitos, de converterem-se a Cristo “e a realizar atos de reparação efetivos a favor de suas vítimas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes

Contador de acesso