sábado, 9 de abril de 2011

Celebrar a Páscoa com o pão da Retidão e da Verdade


O Cristo, nossa Páscoa, foi imolado; celebremos a festa com o pão sem fermento, o pão da retidão e da verdade (1 Cor 5,7).


Neste mês, em comunhão com todas as comunidades cristãs e com todo o universo, vamos celebrar o acontecimento fundamental da nossa fé, que é o mistério pascal de Jesus Cristo, a sua paixão, morte e ressurreição.
A Páscoa, que é a celebração da vitória de Jesus sobre o pecado e a morte, é um tempo propício para reafirmarmos os nossos compromissos batismais. Por isso, a Igreja, na sua longa tradição, costuma realizar o batismo de adultos na celebração da vigília pascal, no sábado santo, e convida os fiéis já batizados a renovar as promessas batismais. Dai é que vem toda a ênfase que é dada a esta preparação durante a Quaresma, de maneira especial à preparação imediata dos catecúmenos, ou seja, daqueles adultos que serão batizados na vigília. E, sobretudo, no ano litúrgico em que os evangelhos deste período quaresmal têm uma forte ligação com o batismo, com destaque especial para o terceiro, o quarto e o quinto domingos. Por exemplo, no terceiro domingo escutamos o relato do encontro de Jesus com a samaritana, que infalivelmente nos remete à água nova do batismo, fonte de vida para a vida eterna; no quarto domingo, lemos, meditamos e contemplamos a cura do cego de nascença, que nos faz entender o batismo como iluminação na vida de uma pessoa e no quinto domingo, a "ressurreição" de Lázaro, que nos recorda o batismo como morte para o pecado e nascimento para uma nova vida.
Recordemos mais uma vez a temática da Campanha da Fraternidade, que tem este período forte de campanha por ocasião da Quaresma, mas cuja reflexão deverá nos acompanhar durante todo o ano, uma vez que precisamos crescer cada vez mais nesta consciência do cuidado e do respeito para com o meio ambiente. Por isso, também é importante ressaltar a coleta da Campanha da Fraternidade, realizada em todas as dioceses do Brasil no Domingo de Ramos, que neste ano será no dia 17 de abril, para ajudar a CNBB, os regionais - no nosso caso o regional NE II - e as dioceses na realização de atividades educativas e preventivas para a conservação do meio ambiente, para que o gemido da criação seja de parto, de vida nova e não de agonia como nos adverte o hino da referida campanha e isto vai depender só de nós. Elevemos também uma prece ao Senhor nosso Deus pelos nossos irmãos japoneses que passaram por aquelas catástrofes naturais mês passado.

A todos uma boa Semana Santa e uma Feliz Páscoa!
Dom Mariano Manzana
Bispo Diocesano
FONTE: blog diocesedemossoro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes

Contador de acesso