HINO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS DE UMARIZAL

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

UM POUCO DA PASTORAL DO IDOSO


No ano de 1993, houve um encontro providencial entre duas pessoas sonhadoras: Dra. Zilda Arns Neumann – Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança, e Dr. João Batista Lima Filho – Médico geriatra e, na época, Presidente da SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, seção Paraná.

A Dra. Zilda voltava da celebração dos 10 anos da Pastoral da Criança, celebrada em Florestópolis/ PR e o Dr. João Batista Lima Filho ia a Curitiba para um congresso da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia - SBGG. Encontraram-se no aeroporto de Londrina. Por causa do mau tempo tiveram que esperar horas e acabaram conversando quase um dia inteiro.

A Dra. Zilda dizia: “Muitos líderes idosos da Pastoral da Criança me pedem orientações para seus problemas de pressão alta, urina solta, insônia e outros. Quando eu visito as comunidades com a Pastoral da Criança, ouço as líderes dizerem que ao visitar as famílias, além de gestantes e crianças, também encontram pessoas idosas; e estas líderes gostariam de saber orientar também sobre questões de envelhecimento, porém, não conhecem esta área”.

O Dr. João Batista, por sua vez, dizia: “Há muito tempo que nos perguntamos na SBGG como poderíamos dar algum tipo de atendimento ou acompanhamento às pessoas idosas de nosso país. Seria interessante termos redes de solidariedade com os idosos, como a Pastoral da Criança tem para com as crianças. O povo brasileiro está envelhecendo e temos que descobrir uma forma de fazer chegar este conhecimento a toda população”.

De fato, as coisas não acontecem por acaso. Deste encontro, aparentemente desastrado, onde “perderam” meio dia à espera da melhora do tempo para poder decolar a Curitiba, nasceu a idéia de um trabalho conjunto em prol das pessoas idosas.

METAS DA PASTORAL PARA 2010

1. Ampliar em 15% o número de pessoas idosas acompanhadas.

2. Aumentar, em 15% os líderes e fortalecê-los na caminhada para a realização de sua missão.

3. Aumentar em 15% o número de novas comunidades.

4. Ampliar a atuação da Pastoral da Pessoa Idosa em 10% de novas paróquias.

5. Ampliar em 8% a Pastoral da Pessoa Idosa em novas dioceses.

6. Elaborar subsídios para formação bíblica continuada, enfatizando a espiritualidade e a missionariedade dos líderes.

7. Garantir a formação contínua dos multiplicadores e capacitadores do Guia do Líder.

8. Fortalecer o capacitador como membro da equipe diocesana, garantindo dois por paróquia, para a expansão em novas comunidades, a fim de capacitar e acompanhar os líderes.

9. Capacitar todos os coordenadores paroquiais e mais um membro de sua equipe em Missão e Gestão.

10. Realizar seis encontros Regionais, envolvendo os participantes na preparação e realização dos mesmos.

11. Constituir Conselhos Econômicos da Pastoral da Pessoa Idosa nas dioceses e Estados.

12. Participar do Conselho Municipal de Saúde nos Municípios com Pastoral da Pessoa Idosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes

Contador de acesso